Programa

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DOCENTE

A Faculdade de Educação e o Núcleo de Pesquisas em Novas Arquiteturas Pedagógicas (NAP) da Universidade de São Paulo têm a satisfação de criar este programa de desenvolvimento profissional docente, realizado por meio da parceria com o Instituto iungo.

 

Este programa tem como objeto o desenvolvimento de quatro Cursos de Atualização Universitária, com carga horária de 120 horas cada, que deverão ser oferecidos gratuita e simultaneamente para 400 professores da Educação Básica de escolas públicas de todo o país, em modalidade a distância. O foco são docentes dos Anos Finais do Ensino Fundamental e do Ensino Médio. Os cursos, certificados pela USP, são:

 

1) Repensando o currículo: As linguagens nas práticas educativas

2) Repensando o currículo: Ciências

3) Repensando o currículo: Humanidades

4) Repensando o currículo: Projetos de Vida e Cidadania

 

A segunda edição dos cursos será oferecida no período de 7 de junho a 13 de agosto de 2021.

 

Na segunda edição, diferente da primeira, as inscrições dos docentes será de natureza individual (não por escolas), e não haverá a exigência de que os candidatos tenham cargo efetivo.

 

É fundamental a leitura do Manual de Orientação e Funcionamento dos cursos Repensando o Currículo antes de se inscrever, para conhecer a dinâmica das aulas e os critérios e formas de avaliação para se obter a certificação da USP ao final do curso.

 

Manual de Orientação e Funcionamento

Romper com o modo tradicional ainda prevalente de formar professores no Brasil é uma condição necessária para se conseguir que as inovações do mundo contemporâneo sejam absorvidas nos espaços educativos. Sob esta premissa, os cursos “Repensando o currículo” buscam apontar caminhos inovadores para a formação de professores, baseado em princípios como o construtivismo, o construcionismo, o aprender fazendo, e o trabalho colaborativo e cooperativo calcado em conhecimentos inter, multi e transdisciplinares. Pretende-se, com isso, promover uma postura educacional crítica, ativa e emancipadora capaz de apoiar o docente no seu trabalho pedagógico e na consciência de seu papel junto aos estudantes.